3.10.14

Silas Malafaia Criticou Fortemente Dilma Rousseff Na ONU?

Pastor Silas chocou ao criticar Dilma e mostrando execuções de pessoas e crianças

Só no Youtube, já ultrapassou meio milhão de visualizações o vídeo polêmico de Silas Malafaia criticando Dilma por ela ter sugerido diálogo com terroristas que 'não poupam' cristãos e nem ateus na Síria e Iraque. O conteúdo tem cenas muito fortes, eu não recomendaria, mas, se quiser ter uma noção do que é a maldade humana disfarçada de 'guerra santa'.
Pastor Silas Malafias coloca Dilma em seu lugar
O problema é, pareceu um discurso de eleição que Dilma fez na ONU, que mais pareceu eleitoreiro, para o povo daqui ver e pensar que ela foi bondosa, assim, envergonhou o Brasil internacionalmente.


Essa guerra não acaba tão cedo, vamos deixar de lado, dialogar?


Quem não quer paz? Só "maluco" que não, mas, infelizmente, essa guerra não acaba tão cedo, terroristas se 'reproduzem', se espalham e se reagrupam, mas, o problema é que, todo presidente tem noção disso, qualquer presidente tem informação suficiente, e sabe que os terroristas que estão no Iraque e Síria, e, estão tomando uma terra rica em petróleo, e isso irá financiar o terror fora daquelas fronteiras, não pense que eles irão dominar um território e ficar lá trabalhando, vivendo numa boa, irão se 'reproduzir', invadir novas áreas, escravizar, 'doutrinar' crianças como já fazem. A intenção deles é "guerra santa", matar todos os diferentes, que não estão de exato acordo com seu fundamentalismo, e saiba que, no idioma deles, eles nomeiam os outros que não tem sua crença, como 'porcos da terra'.
Esse terror precisa contido, Dilma sabe disso, mas fez um discurso desonesto, se fez de desentendida e, fez discurso eleitoreiro na ONU, é vergonhoso, líderes de outras nações percebendo que a 'presidenta' do Brasil tenta enganar seu povo dessa maneira, quando, deveria estar representando a nação, falando ao público da ONU, mas não, ela falou aos eleitores, estava pensando nos votos que iria catar.

Agora, com esse vídeo de Silas, ela está colhendo o que plantou.



O vídeo do Silas pode ter sido censurado no Brasil, talvez você ainda possa vê-lo no youtube .es ou outra
https://www.youtube.com/watch?v=Illj9x8hchs
https://www.youtube.es/watch?v=Illj9x8hchs

Mas ainda pode estar disponível no Facebook, veja:

Mas como pode dizer que discurso de Dilma foi eleitoreiro?


Veja que nossa presidenta foi discursar na ONU, diz ela que o discurso não era eleitoreiro, mas leia parte do discurso:
"Nos últimos 12 anos nós... bláblá"
Quando ela disse isso, esse "nós" junto com "últimos 12 anos", você eleitor, sabe que é o PT, pois, é esse partido que está no poder nos últimos 12 anos. Ela falou ao eleitor brasileiro, quando deveria estar falando para um público daquele local, e que não tem interesse em saber se foi a 12, 10, 14, 11 anos que o partido dela está no poder, um público que nem entendeu o motivo dela falar isso.

Alguns podem não ver nada de errado nisso, mas há, pois, Dilma foi lá na ONU para representar o Brasil, como presidente, e não para agir como candidata, usando a ONU como palco de comício eleitoral. Assim como está misturando sua candidatura com seu cargo, também está, em nível maior, usando instituições e influência do governo como máquina de campanha. Tivemos o caso dos Correios, a Petrobras, etc.

O que alguns defensores de Dilma dizem?


Não apenas defensores de Dilma, mas, alguns da extrema-esquerda, insiste em culpara católicos, citar que católicos tiveram a inquisição, que EUA oprimiu ou usou esses terroristas, e que tudo isso tem outros culpados que não os executores.

Isso é uma alienação, até pode ter um pingo de verdade histórica, mas, nada justifica o terror, execuções em massa, morte de crianças inocentes, uso de crianças como escudo de guerra. A pouco um terrorista foi a uma creche com uma bomba e matou 35 crianças deixando outras 70 feridas. Tem alguma defesa isso? A é culpa da histór... dos E...

Outra coisa, Dilma até pode pensar que é responsabilidade dos EUA, mas, então não comparecesse na ONU. Não pensem que, diálogo foi descartado anteriormente, quando a ONU sugeriu um diálogo, a resposta veio com decapitações, e Dilma sabia disso, preferiu uso eleitoreiro.

Esse uso eleitoreiro foi tão planejado, que, já no dia que ela se pronunciou na ONU, teve sites de petistas chorumingando pelo fato da Globo não ter transmitido o pronunciamento eleitoreiro da Dilma, ou seja, algo não saiu como o PT esperava, ela teve menos visibilidade, a mídia não se curvou ao governo. Agora você sabe porque eles tanto defendem controle de mídia, ou "media" como costumam escrever, fazendo referencia a censura que já acontece na Venezuela e Argentina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...